soltas #04

(Maianga, Luanda)  
"Não há gesto ou verdade onde não dormissem tua sombra e loucura, não há vindima ou água em que não estivesses pousando o silêncio criador. Digo: olha, é o mar e a ilha dos mitos originais." 
Herberto Hélder, O Amor em Visita
Foto daqui.
Hoje é o dia da Região Autonóma da Madeira.
A Madeira é a minha terra. Quando planeio ir para a Madeira faço sempre contagem decrescente. Não sou residente na ilha há algum tempo, pago impostos diferentes, pago viagens diferentes e sou considerada até por muitos 'semi-cubana'. Eu considero-me uma cidadã do mundo que saiu um dia da Madeira há 15 anos à procura de um sonho.
E é o meu sonho voltar a viver permanentemente na ilha, no dia em que decidir morrer.

Sem comentários:

Enviar um comentário