Musicoterapia: Marcha dos desalinhados

O Post anterior fez-me regressar a vários momentos do meu passado.
Até deu-me ideias para iniciar uma nova séries de posts do genéro de uma "máquina do tempo". :)

Esta música acompanhou-me durante muitos anos, muitos, muitos anos.

Lembrei-me do tempo em que tinha adoração pelo TOP+!
Nos anos em que eu andei na ESFF eu era a única miúda da turma que não tinha MTV.
Hei, eu era a única campónia da turma.
Era também a única com mais de 2 irmãos.
Era a única que tinha que almoçar na escola.
Era a única que tinha que apanhar autocarro ao final do dia e que durava quase uma hora.

Bons tempos. Nos tempos mortos podia sair da escola e fiquei a conhecer o Funchal como a palma da minha mão. Ia ao cinema, ia à DRAC, ia a salão de jogos, e fiz amigos onde menos esperava :)

(...)
Ninguém sabe
para onde eu vou
ninguém manda
em quem eu sou
sem cor nem deus nem fado
eu estou desalinhado
(...)

O meu blog dava um filme indiano. :)

Aviso à navegação: Post um pouco lamechas. :)


Este prémio foi-me dado pela Kelle e traz um desafio associado!

As regras são as seguintes:
  • Publicar a imagem do selo e linkar o blog que o ofereceu.
  • Escolher 5 situações na tua vida que mereciam ser repetidas em câmara-lenta.
  • Passar o desafio a 12 blogs e avisá-los.

  1. 1 - As minhas férias em Barcelona, em 2006.


  2. 2 - A primeira vez que vi o meu sobrinho mais velho em 1998, na Madeira, sobrevivente de um parto complicado de gémeos. O filho da minha única irmã era tão pequenino. Apeteceu-me agarrá-lo e protegê-lo com todas as minhas forças. Senti que era meu e é meu ... sobrinho ... para sempre.


  3. 3 - As tardes de primavera/verão no Cartola após as aulas de Análise Matemática II no ano de 1997, em Coimbra. Os caloiros de 96 marcaram-me, tenho muitos amigos desse ano lectivo!


  4. 4 - O lanche na tarde do dia 25 de Janeiro que celebrou o fim dos meus 32 anos, na Madeira. Estive com algumas das minhas melhores amigas. A minha família estava quase toda lá. Estava muito feliz.


  5. 5 - O dia em que apanhei o avião para Coimbra em 1995. Foi o abraço mais sentido que tive do meu pai. Nunca hei-de esquecer.

Oh vizinho ora Bom-dia!

Nas últimas duas semanas só sei falar de trabalho, trabalho, trabalho!
E nas próximas semanas ainda vou ter menos tempo de cuidar dos sonhos meus!




E há algum tempo que não sei falar de amor.
Não tenho os artifícios de o falar sem querer.
Há algum tempo que não sei mesmo falar de amor.

Um dia hei-de voltar a saber falar de amor. :)

voltar atrás, pisar, dar um passo em frente

Não estava a dar conta do recado.
O stress do projecto actual, a complexidade dos testes de qualidade e a complexidade do plano de passagem a produção levou-me a contratar uma pessoa que vai lá a casa uma tarde por semana.






Impecável a senhora e engoma bem.
Só esqueci-me de passar-lhe uma informação, um pormenor, um detalhe com MUITA importância.

O tabuleiro de xadrez que estava em cima da pequena mesa da sala não pode ser limpo. :)


Eu e a
S. fazemos as jogadas por telefone, temos cada uma um tabuleiro nas suas casa e desde que a filha dela destruiu um jogo passamos a anotar as jogadas num googledoc. De modo que o estrago desta vez não foi tão grande. :)


Música: Clã - Pois é (ver vídeo)

Filme: Becoming Jane

Hoje é mais um dia. E acordei a pensar numa cena do filme que vi ontem.


Mrs. Radcliffe: Of what do you wish to write?
Jane Austen: Of the heart.

Mrs. Radcliffe: Do you know it?

Jane Austen: Not all of it.

Mrs. Radcliffe: In time, you will. But even if that fails, that's what the imagination is for.



A vida corre inteira pelas nossas mãos

Vários nascimentos foram-me anunciados para 2009, 3 deles já aconteceram. Um nunca irá acontecer.

A vida é feita por nascimentos, baptizados, crismas,bailes de finalistas, Latadas, Queimas, casamentos, funerais.
Comemoramos a vida sempre com celebrações deste género.


Ainda há dias o meu irmão mais novo fez o crisma.
Diz-se um homem agora.
E eu ainda lembro-me do dia em que ele nasceu e do dia do baptizado dele.
O baptizado dele coincidiu com o meu baile de finalistas da ESFF. Eu não assisti à celebração dele porque estava a celebrar a minha vida.

Este ano não fui à Queima. Optei por um retiro.
Este ano celebrei a vida de outra maneira.

Quando voltei do retiro tinha umas 10 chamadas não atendidas do pessoal de Coimbra.
Ontem contaram-me os pormenores das jantaradas e das idas ao parque.

Como celebraram a Queima de 2009.


A semana passada, um dos meus melhores amigos - o casal de Macedo de Cavaleiros - anunciou-me que vai ser pai em Setembro.


Hoje comunicaram-me um casamento. Um daqueles amigos de Coimbra que ganhamos graças ao namorado da altura. O namorado foi-se, o amigo fica. :) E em Outubro irei celebrar com ele uma nova fase da vida dele.

A vida é feita de celebrações.

E hoje eu celebrei. Cheguei a casa abri uma mini e comecei a celebrar.
Celebrei o facto de conseguir manter amigos.

Celebrei o facto de ter conseguido superar uma separação dolorosa.

Celebrei o facto de conseguir viver sozinha ao contrário do que o meu ex dizia.

Celebrei o facto de ter força e poder lutar pelos meus sonhos.

Celebrei o facto de ter sido promovida e ter a meu cargo uma nova função na empresa.

Celebrei porque HOJE senti-me feliz.


Consequência: bebi uma
mini por cada celebração. Dei cabo do meu stock caseiro.
6 minis depois acompanhadas de um filme sobre a
Jane Austen hoje senti que a vida corre mesmo pelas nossas mãos. Que são as nossas escolhas que nos levam a ser feliz. Que são as nossas forças que nos fazem aquilo que somos. Que somos muitas das vezes aquilo que queremos.

Como disse o Faraday do LOST, somos as variáveis. E dessas escolhas temos como consequência as várias celebrações.

(...)

Estou a divagar (...) Acho que vou dormir! Já são horas e amanhã - ou devo dizer hoje? - é dia de trabalho.






Música: Os Golpes - A Marcha dos Golpes

Série: Grey's Anatomy

Há séries que nos tocam desde o primeiro episódio.

Há séries
... que fazem chorar tanto que ficamos a odiar-nos.
... que nos fazem sorrir.
... que nos levam a odiar certas personagens e depois a simpatizar e novamente a odiar.
... que são como a vida real.
... que têm personagens que são como nós.
... que têm um sofá sempre guardado no seu bar preferido para as personagens principais.
Há séries que mostram o verdadeiro valor da amizade.
... que mostram que essas amizades também podem ter fraquezas.
Há séries que exageram na realidade e na ficção.
Há séries que parecem que se perdem para depois voltarem a se encontrar.
... que depertam o nosso interesse.
... que não têm interesse nenhum.
Há séries que simplesmente nos cativam


Uma dessas séries - e das minhas preferidas - é Grey's Anatomy. :)
Passei o fim-de-semana a ver a season 05 - culpa da Kris.
Cada episódio um lenço de papel.
O Hunt é uma lufada de ar fresco. Não só apaixonei-me por ele como acho que só alguém como ele poderia ser algo mais para a Yang.
O O'Malley cresceu.
A Izzie mostra que é uma excelente professora.
O Karev finalmente resolve muitos problemas de atitude.

O McSteamy/Marc faz planos que não envolvem engatar ninguém.
A Torres ganha destaque com as suas dúvidas.
A Litte Grey/Alexie mostra que pode vir a ser uma grande médica.
A Bailey está melhor do que nunca. A mulher cujo cognome era Nazi está mais humana e muito boa professional.
E a Big Grey e o McDreamy enterram os seus fantasmas e tentam viver como um casal normal.

Recomendo. :)

Curiosidades: olhe... já agora que façam as pazes, os meninos!

Há alguma coisa errada na imagem abaixo?

A ida do PM à RAM está relacionada com a vitória do FCP? ;)





Fonte: Diário de Notícias Madeira (ir para o site)

The future arrives today :)

Hoje o trajecto é Trabalho - Alvaláxia - Casa. :)

13 anos se passaram - (4/4)

Há 13 anos raramente estava em casa - residência universitária - porque passava o tempo todo na borga e na casa dos outros.
Hoje prefiro estar em casa - o meu apartamento.

Há 13 anos a Queima das Fitas começava com a Serenata na noite de quinta para sexta e as noites do parque eram de sexta a quinta.
Hoje as noites do parque duram de sexta a sexta.

Há 13 anos as noites do parque eram do lado de cá do rio Mondego.
Hoje as noites do parque são do lado de lá do rio Mondego.

Há 13 anos o cortejo da Queima das Fitas era à Terça.
Hoje o cortejo é ao domingo e foi hoje.

Há 13 anos era uma caloira de EI com pensos na testa.
Hoje tenho um penso no calcanhar.

Há 13 anos tomei vários banhos de cerveja.
Hoje tomei banho e o gel duche é da Dove.

Há 13 anos tive o melhor cortejo da Queima das Fitas da minha vida.
Hoje regressei de um retiro porque pela 1ª vez não quis ir a Coimbra nesta altura.

Há 13 anos tirei esta foto que para sempre ficou no meu álbum.
Hoje digitalizei-a para mostrar-vos o quanto ela significa para mim.



Bom resto de domingo. :)

GDE campeão regional de Futsal

A equipa do Estreito de Câmara de Lobos venceu com inteira justiça o Nacional sagrando-se assim campeão na última jornada do campeonato regional de futsal.




Dados das fotos:
Autor: DNOTICIAS.pt
Data: 02-Maio-2009
Local: Pavilhão Desportivo de Câmara de Lobos



P.S. - Foi necessário enviar um rol de sms e telefonar até a jogadores do União - 2ª divisão regional - para saber o resultado. Andavam todos a celebrar e aqui a Je a sonhar com o título tendo a noção de que todos os jogadores são 'prata' da Casa e que o meu irmão com 24 anos é dos mais velhos da equipa, é capitão da equipa e que a modalidade principal dele é o badminton, não o futsal.
Bom trabalho, rapazes. :)