2013#151


Caminho em silêncio
Distraído por um pensar
Que me turba o andar
Penso que penso
E fico a ouvir-me a pensar
Que penso que penso
Este pensamento
Torna-se um tormento
Penso que penso
Que penso que penso
Sempre o mesmo a dobrar
Como vozes a segredar
Penso que penso
Que penso que penso
 
 Penso que penso de Mão Morta

2013#151 by R, SP
2013#151, a photo by R, SP on Flickr.

Soltas #31

"Somos todos uns sentimentais e por isso demoramos no que nos dói. Temos o choro fácil que dá ou não dá em lágrimas, guardamos as dores cheias de pormenor enquanto as felicidades ficam por ali, confusas, com algumas caras, alguns sons, incertas e vagas. Lembramos os sapatos que calçávamos quando alguém morreu, a hora da notícia, o programa que passava nesse instante e até as vergonhas que pensámos. Folheemos as páginas do riso e pouco encontraremos, algumas frases, momentos caricatos, elementos de uma paisagem. Pouco e mal contado, estavamos distraídos, demasiado ocupados na felicidade para lhe fazermos o retrato. Somos tolos e sentimentais, temos arcas cheias de mágoas que não esquecemos e que abrimos a todo o momento para ver se ainda nos doem, e doem sempre. Descuramos o arquivo do bem que apesar de tudo nos vai acontecendo, somos tolos de lágrimas. "

Página 75 do livro 'Debaixo de algum céu' de Nuno Camarneiro


2013#150


Sometimes
I feel like I want to leave
Behind all these memories
And walk through that door
Outside
The black night calls my name
But all roads look the same
They lead nowhere
 


Opium by Dead Can Dance




P.S. - Que concerto brutais os de ontem. Dead Can Dance e Nick Cave completamente em forma. O som do recinto é, para mim, o melhor de todos os festivais onde já estive. Fantástico.

2013#150 by R, SP
2013#150, a photo by R, SP on Flickr.

Livro: Tango in Madeira


Sinopse: 
A disillusioned soldier looks for love. An exiled Emperor fears assassination. Agatha Christie takes a holiday. And George Bernard Shaw learns to tango. In the aftermath of World War I, Michael Pinfold a disillusioned ex-soldier tries to rescue his failing family wine business on the island of Madeira. In a villa in the hills the exiled Austrian Emperor lives in fear of assassination by Hungarian killers, while in Reid’s Hotel, a well-known lady crime novelist is stranded on her way to South Africa and George Bernard Shaw whiles away his days corresponding with his friends, writing a one act play and learning to tango with the hotel manager’s spouse. A stranger, Robinson, is found murdered and Michael finds himself manipulated into investigating the crime by his sinister best friend, Johnny Cardozo, the local police chief, with whose wife he is pursuing an arid love affair; manipulated, too, by Father Flaherty, a priest with dubious political interests, and by his own eccentric parent, who claims to have been part of a comedy duo that once entertained the Kaiser with Jewish jokes. Will Michael find love? Will the Emperor escape his would-be killers? Will any of the characters learn the true meaning of the tango?


Opinião: 
A história do livro ocorre na minha ilha. Madeira, logo após a Guerra Mundial.
Apesar da existência de erros nos nomes das ruas da minha ilha (Rua do Aljuba ?) e com algumas descrições geográficas da ilha, o livro e após os primeiros cinco capítulos, que serviram como introdução e apresentação das personagens, torna-se num verdadeiro page-turner. Viciante. 
Misterioso tal como gosto e aprecio.

Valeu a pena os 3€.  :) 



2013#149


No one is free, even the birds are chained to the sky.  
 Bob Dylan

2013#149 by R, SP
2013#149, a photo by R, SP on Flickr.

2013#148


Why does the eye see a thing more clearly in dreams than the imagination when awake?
Leonardo da Vinci


2013#148 by R, SP
2013#148, a photo by R, SP on Flickr.

2013#147


make a cup of tea, and put a record on

2013#147 by R, SP
2013#147, a photo by R, SP on Flickr.

2013#146



FIMFA - No Rose

"Num santo Domingo, à hora do chá verde, Lady Rose limpa a sua casa rosa enquanto espera pelo seu convidado. Eis que ele entra brutalmente e diz com uma voz que parece vir das profundezas de um túmulo: “Chegou a hora, vem comigo”. Mas não há rosas sem espinhos... Espera-se uma longa batalha “espinhosa”! (...)"



2013#146 by R, SP
2013#146, a photo by R, SP on Flickr.

Filme: OMG: Oh My God! (2012)


Kanjibhai ganha a vida vendendo estátuas dos deuses, estátuas essas que diz estar abençoadas. Kanjibhai não acredita em deus, deuses, ou seres divinos. 
Até ao dia em que devido a um terramoto perde a sua loja. Tenta recuperar a loja com o dinheiro do seguro. Contudo a seguradora considera que o que aconteceu é um "act of god", algo que está numa das claúsulas de excepção, que Kanjibhai não leu. Nunca ninguém lê. :)
E é aí que Kanjibhai decide levar Deus a tribunal. 

As cenas no tribunal são imperdíveis A sério. Ver representantes de todas as religiões no banco dos reús é digno de uma boa gargalhada e vê-los a serem acusados dos problemas no mundo é priceless

filme é hilariante , comovente, divertido e 'diz' muita coisa que já devia ter sido dita. 

Aconselho a ver assim que possam. 


2013#145


My new best friend

2013#145 by R, SP
2013#145, a photo by R, SP on Flickr.

Não Rezo, choro


Hanna Chu Photography

Eu não rezo por eles.
Para que rezar quando acredito que chorar é que me faz bem?

Choro com coisas mínimas.
Choro, choro todos os dias, choro várias vezes ao dia. 
Choro quando uma lembrança surge do nada.
Choro porque nunca mais consegui sentir o perfume dela.
Choro quando sinto o cheiro da morte de quando lhe fiz respiração boca-a-boa.

Simplesmente Choro ... 
Choro por 30 segundos. Choro 10 segundos, Choro muitas vezes menos que isso, mas choro... e isso faz-me bem.

E isso para mim é rezar, é sentir que eles vivem em mim. 

Choro porque sei que estão em Paz, principalmente ela, que foi uma grande Mulher. Ter tido uma filha como eu não deve ter sido fácil. Eu não a queria deixar partir e obrigava-a a seguir as regras e tratava-a até como um bebé, tratei-a como ela nunca me tratou e nunca me educou, tratei-a como se ela estivesse dependente do tratamento para sobreviver, (ela sempre me educou a ser independente de TUDO)...  e ela mostrou que não. 
Ela estava dependente de AMOR para sobreviver, e bastou ter perdido um para não aguentar e ter ido ter com ele. 
E é por isso que não rezo, choro... choro por ela, por ele, ... 
e por achar que para mim o AMOR não é suficiente. 



Filme: SoulBoy (2010)


SoulBoy é um filme que descobri ao analisar a filmografia de um dos actores de GoT - Alfie Allen. E que bela descoberta fiz, apesar da fraca interpretação do actor em causa. O filme acaba por mostrar aquela que foi considerada em 1981 a melhor discoteca do mundo - Northern Soul, mostrando o impacto que teve na vida dos adolescentes dos anos '70. 

A banda sonora é tão boa, mas tão boa que até teve direito a review no site da BBC, e que podem consultar seguindo o link.

Abaixo deixo aqui o trailer e a banda sonora no spotify. 
Se não verem o filme não perdem nada, mas se não ouvirem a banda sonora perdem muito. :) 

Aconselho a ver: The Music Never Stopped (2011)

Para quem está com dúvidas no que ver no cinema, digo que este filme apesar de ter sido estreado cá apenas este ano, é dos filmes mais bonitos que já vi sobre a capacidade que a música tem em nos acalmar/transformar. 




Music is Love in search of a word #46

Natalie Merchant - Life is Sweet



Silence is Golden #91


Modern Family S04E24

2013#144

Começo a suspeitar que tenho jeito para a arte. Só que em vez de empilhar latas ou tachos, empilho roupa. :)

2013#144, originally uploaded by R, SP.

2013#142

Desafio Arco-íris

As regras são estas:
1. Referir quem vos deu o selo
2. Postar uma foto de uma pilha de livros com as cores do arco-íris.
3. Passar o selo a 10 blogs super-hiper-mega coloridos!


Obrigada Kelle pelo desafio colocado. 
Este é o meu arco-íris de livros.
2013#142, originally uploaded by R, SP.


Livros que tenho para ler, à excepção do último que coloquei porque sim. :) 
Os Transparentes de Ondjaki
Fables vol 13 - The Great Fables CrossOver
The Wonderful Wizard of Oz (Marvel)
Nove Mil Passos de Pedro Almeida Vieira
Mulheres que Pensam Demais de Susan Molen
Novelas Nada Exemplares de Dalton Trevisan
Alice's Adventure in Wonderland


2013#141

Shopping and Planning

2013#141, originally uploaded by R, SP.

2013#140

Na mercearia do meu bairro tenho direito a este cartoon. :)

2013#140, originally uploaded by R, SP.

Filme: The Apostle (1997)


O meu podcast português preferido é o Pessoal e Transmissível. Na emissão de 19 de Março o entrevistado foi Tiago Cavaco dos Flor Caveira que recomenda a visualização do filme The Apostle com Robert Duvall.
Sinceramente, conheço pouco os filmes antigos de Robert Duvall, e este não é assim tão antigo. É do ano de As Good As IT Gets, e foi para Jack Nicholson que Duvall perdeu o Óscar de melhor actor... a atribuição do prémio deve ter sido moeda ao ar, porque tanto um como outro têm performances dignas da estatueta. 

Com um elenco de luxo este é um filme imperdível para todos os que têm Fé e para os que sem Fé, como eu, encontram conforto numa Igreja vazia e não numa Missa, mostrando que o demónio/diabo está presente em pequenos gestos, momentos. 

Adorei o filme. 




P.S.1 - Se tiverem tempo ouçam o Pessoal e Transmissível de 29 de Janeiro, com o meu poeta preferido, José Tolentino Mendonça. 

P.S.2 - Se tiverem tempo ouçam o álbum Amamos Duvall .




2013#139


Repito aqui a foto de ontem do novo Dragão do Martim Moniz, em Lisboa. :) 
FCP
FCP
FCP



2013#139, originally uploaded by R, SP.


2013#138

High Tech Dragon. 
:)

2013#138, originally uploaded by R, SP.

2013#137

Rain and wind don't give the sun a break. ;)


2013#137, originally uploaded by R, SP.

2013#136

Impressionante, a lentidão deste organismo.


2013#136, originally uploaded by R, SP.

2013#135

Para o ano há mais.
2013#135, originally uploaded by R, SP.

2013#134

Ler é... Sair 4 paragens depois da do destino previsto.

2013#134, originally uploaded by R, SP.

Filme: A New Kind of Love (1963)


Não é que o filme que é o poster do Festival de Cannes deste ano não fazia da lista de seen aqui da je? :)
Tratei da lacuna.

Com um início de filme hilariante e que facilmente atraí a simpatia de qualquer mulher, pois trata-se da história de uma "designer de moda" que copia os modelos das grandes marcas para vender em lojas de retalho. Só que esta designer é um pouco maria-rapaz... até que um dia decidi mudar o seu estilo e criar até uma nova personagem. Só que essa nova vida irá trazer até si um amor, um amor diferente. Algo que não estava à espera. 

Gostei imenso. 

Não consegui encontrar nenhum trailer do filme. Mas deixo-vos aqui uma parte do início.

2013#133

A Hortelã começa a aparecer :) 
Milagre de 13 de Maio?

2013#133, originally uploaded by R, SP.

2013#132

Secure the next door

2013#132, originally uploaded by R, SP.

2013#131

Snails, soccer, FCP. :)
2013#131, originally uploaded by R, SP.

2013#130

Illuminate the letter P.
2013#130, originally uploaded by R, SP.

2013#129

Na Madeira a tradição é diferente

2013#129, originally uploaded by R, SP.

2013#128

Vegan Chocolate Dessert , what else? :) 
(Restaurante Planeta Bio, Lisboa)


2013#128, originally uploaded by R, SP.



2013#127

Tanta burocracia
2013#127, originally uploaded by R, SP.


2013#126

Tanta coisa para um ponto. 
O meu FCP ainda vai ser campeão. :)

2013#126, originally uploaded by R, SP.

2013#125

"Porque Deus permite que as mães vão-se embora?" 
- Carlos Drummond de Andrade


2013#125, originally uploaded by R, SP.

2013#124

A lighthouse per month keeps the darkness away


2013#124, originally uploaded by R, SP.

2013#123

one car like this one could make my summer perfect. :)


2013#123, originally uploaded by R, SP.