Série: Grey's Anatomy

Há séries que nos tocam desde o primeiro episódio.

Há séries
... que fazem chorar tanto que ficamos a odiar-nos.
... que nos fazem sorrir.
... que nos levam a odiar certas personagens e depois a simpatizar e novamente a odiar.
... que são como a vida real.
... que têm personagens que são como nós.
... que têm um sofá sempre guardado no seu bar preferido para as personagens principais.
Há séries que mostram o verdadeiro valor da amizade.
... que mostram que essas amizades também podem ter fraquezas.
Há séries que exageram na realidade e na ficção.
Há séries que parecem que se perdem para depois voltarem a se encontrar.
... que depertam o nosso interesse.
... que não têm interesse nenhum.
Há séries que simplesmente nos cativam


Uma dessas séries - e das minhas preferidas - é Grey's Anatomy. :)
Passei o fim-de-semana a ver a season 05 - culpa da Kris.
Cada episódio um lenço de papel.
O Hunt é uma lufada de ar fresco. Não só apaixonei-me por ele como acho que só alguém como ele poderia ser algo mais para a Yang.
O O'Malley cresceu.
A Izzie mostra que é uma excelente professora.
O Karev finalmente resolve muitos problemas de atitude.

O McSteamy/Marc faz planos que não envolvem engatar ninguém.
A Torres ganha destaque com as suas dúvidas.
A Litte Grey/Alexie mostra que pode vir a ser uma grande médica.
A Bailey está melhor do que nunca. A mulher cujo cognome era Nazi está mais humana e muito boa professional.
E a Big Grey e o McDreamy enterram os seus fantasmas e tentam viver como um casal normal.

Recomendo. :)

5 comentários:

  1. Concordo plenamente. Desde que vi o primeiro episódio que nunca mais a larguei. Lindo!
    Já viste o final da season #5? Prepara-te para viver todas as emoções que referes no teu post.

    ResponderEliminar
  2. e eu ainda nao tive tempo de ver o final, a ver se é amanha...

    ResponderEliminar
  3. e eu fiquei viciada... LOL... é uma série fantástica!!!
    um beijinho...

    ResponderEliminar
  4. Vi ontem o final... buáaaaaa, quero maisssssssss!

    ResponderEliminar
  5. ja vi o final, tenho pena porque o George era das minhas personagens favoritas e pensava eu que ia chorar baba e ranho novamente e afinal foi só uma lágrima no canto do olho quando a Arizona contou a história do irmão. Humf.

    ResponderEliminar