Filme: The Ghost Writer

(Lisboa)
Robert Rycart: They can't drown two ghost writers. You're not kittens!  

Devo andar a escolher os filmes que vejo no cinema a dedo, porque resumindo em duas palavras este é um grande filme
Quando a esmola é grande o pobre desconfia. Se nos pagam demasiado bem para uma tarefa que à partida parece simples não será porque o risco que a envolve é grande? Escrever a biografia de um ex-Primeiro Ministro envolve algum risco. Ter que assinar um contrato de confidencialidade significa que o risco afinal pode ser maior. Saber pormenores sórdidos do passado de alguém é um fardo. Saber que esses pormenores envolvem mistério, outras histórias por detrás da verdadeira história, a verdade não é o que parece, a teia dos factos, dos actos, das consequências é interminável. O criminoso parece ser mesmo o mauzão e o cabecilha de tanto terror ...ou então é um excelente actor. E quando achamos que a história acaba assim, eis que nos surge toda a verdade e a vítima de repente é a criminosa.
Muito bom, o filme.


P.S. - numa cena do fim dei por mim a pensar: is Sam going to fuck a Jedi master? 
Sou tão parva! :)

Sem comentários:

Enviar um comentário