As noites em Angola #3.02

(Este é um post completamente recheado de futilidades)
Em Maio quando cá vim a primeira vez o meu corpo estava na fase final do período menstrual, uma fase que devia ter durado um dia e durou dois. Estranhei, mas nada de mais. Comentei com algumas pessoas e avisaram-me que cá é normal o período durar mais.
Dois dias depois de ter aterrado em Angola em Junho, o período chegou e durou sete dias. Chegou uma semana mais cedo.  Até comentei isso nesta casa.
No início de Agosto chegou a tempo e horas e durou 3 dias entre Madeira e Lisboa.
Regressei a Angola ontem e o período aparece hoje. Uma semana antes e com aquela força que mete medo. 
Em África sofro de um descontrolo hormonal total.
Eu que sempre fui regular e que ao longo dos anos ainda mais regular fiquei, ao ponto de saber que o período chega à hora tal do dia tal... estou completamente desregulada cá.
Existe explicação médica para tal?
É que começo a ficar preocupada pois devo regressar a 12 de Setembro para mais 3 semanas de trabalho. Depende também se conseguir o visto ordinário. Mas, isso é outro post.
Dados da foto:
Autor: eu com o BB.
Data: 24-Agosto-2010
Vista da Avenida de Portugal, Luanda, Angola
Com o BNA lá em baixo :)

Nota de redacção: Hoje quando fiz a caminhada do almoço pensei em fazer um post sobre o facto de ver poucas crianças com os pais nas ruas de Luanda... fica para a um dia destes.



3 comentários:

  1. Concluindo, gastas mais dinheiro em pensos quando estas em Angola. :p

    ResponderEliminar
  2. Luísa... o pior nem é isso!
    Como o fluxo é muito maior as dores menstruais são horríveis.
    Sempre tive dores menstruais e com a pílula essas dores foram diminuindo com o tempo, mas cá é do pior. Parece que voltei ao tempo da dispensa mensal nas aulas de ed. física. :P

    Hoje, tive dores, naquela zona dos rins, que mal conseguia mexer. Paralisei, por completo. :(

    ResponderEliminar
  3. Felizmente nunca sofri desse mal.
    Então, assim sendo, espero que isso passe rápido.
    Beijinhos

    ResponderEliminar