A música vive em mim

18h20 em Luanda, sexta-feira. 


Estou há quase três dias sem ouvir 30 minutos seguidos de música.
Sinto uma necessidade enorme em ouvir palavras harmonizadas, sons de uma guitarra e a barulheira emitida por uma bateria.
A minha urgência em querer ouvir música é maior do que a de estar com pessoas.
A inspiração vem-me das pessoas - das boas e das más -, dos livros que leio, das viagens que faço.  
A tranquilidade vem com o barulho.

Enquanto uns procuram silêncio, eu procuro o som, o eco ... a melodia da banda sonora da minha vida.



Massive Attack - Live with me

3 comentários: