Filme: Friends with Kids (2011)




Começa tão bem este filme. Com um diálogo interessante entre dois grandes amigos, com música da Regina Spektor (Hotel Song) e, com um encontro no elevador entre os amigos que não se vêem há algum tempo, e a seguinte frase:
Jason: You have to wear those shoes?
Julie: Do you feel inadequate?
Jason: Do you feel enormous?

E depois são nos apresentados os restantes 4 amigos, que por acaso são dois casais, dos amigos. Um casal que fá-lo a toda a hora e que parece ter sempre a chama da paixão acesa, um casal que anuncia que em breve serão pais e que informam os solteirões Jason e Julie que nada na vida mudara a partir do momento em que forem pais. 

Todos sabem muito bem que tudo muda.
Tudo muda quando os nossos melhores amigos começam a ter filhos. 
Jason: We don't know those people. Those people are mean and angry and... 
Julie: mean
Jason: when did that happen?  
Julie: I don't know. I don't know. When they had Kids?
Jason: It can't be just that
Depois de uma longa noite que era suposto passarem com os amigos, que vão dormir às dez da noite, Jason e Julie falam sobre os seus objectivos de vida e ao sentirem-se excluidos e como querem um dia ser pais, decidem que mais vale serem pais em conjunto mesmo não querendo casar ou acharem que não se amam incondicionalmente ao ponto de viverem em conjunto mas ao mesmo tempo serem capazes de ter um filho em conjunto e educarem uma criança em conjunto, apesar dos amigos acharem que a razão da decisão é o facto de Julie estar a ficar velha. 
Ben: I can get the ticking clock for Julie, but what about Jason? 
Missy: Don't Know 

Leslie: (...)That's so fucking insulting
Alex: What? Now I'm insulting? (...) you set up her with a guy, what four years ago who is in prison... I'm Just saying, who do we know? good guys who are available and ready to commit in their late thirties? I don't have anyone for her. 
Leslie: Is not that hard. That's ridiculous. we find her someone younger, like your age?
Alex: That's not gonna happen
Leslie: why? it's happening right now
Alex: With us? That's different. That's unfair. Because honey, when we met you were in your twenties. 28 - 22, that's hot. 38-32 not so much. 
Romântico, dramático, cómico e acima de tudo muito real, porque está lá tudo 
O casal que deixa de ser casal, o casal que discute, mas acima de tudo acha que os filhos os completam e se amam acima de tudo e o casal que aprende a amar. 
Excelentes interpretações de Chris O'Dowd (IT Crowd, Crimson Petal and the White) e Maya Rudolph (Away we Go), ah e tem lá o Jon Hamm que é sempre um colírio. 
Muito bom. 




Sem comentários:

Enviar um comentário