Filme: Enid (2009)

 Baseado na vida daquela que foi a maior escritora de livros para crianças, o filme é para adultos.
Enid cresceu a inventar histórias para os seus irmãos de modo a colmatar a ausênciade um pai que os abandonou por falta de amor à mãe. Enid vive na esperança de que o pai um dia regressará por causa dela, por causa do amor que a filha tem ao pai. Enid é egocêntrica. Enid é capaz de ser a melhor amiga dos seus leitores, mas Enid mostra-se incapaz de lidar com as suas filhas e sequer de ter uma demonstração de carinho para com elas. 

A personalidade de Enid não me surpreende. Só alguém com  a capacidade criativa que ela tinha é capaz de ser tão egóista e fria, além de que ela tinha um mundo só dela, o mundo criado por ela que se confundia com o real. 
O cinismo da personagem chega a arrepiar e o mérito vai todo para a senhora Helena Bonham Carter que sem ser fantástica está maravilhosa no papel de Enid Blyton


Sem comentários:

Enviar um comentário