Here I go Again on my own

Por ser uma profissional muito exigente fui mal interpretada pelo parceiro angolano e acham que tratei mal as pessoas, que fui racista e que ... pior, queria roubar o lugar deles no projecto. 
Eu sozinha queria roubar o trabalho de uma empresa inteira para poder ficar com a manutenção e suporte. Ri-me, a minha empresa riu-se e ao cliente omitiu-se o mau ambiente criado por uma consultora sénior que é fanática por GTD e por cumprir prazos e por uns juniores que ainda não sabem que têm em mãos o maior projecto da vida deles. 
O Cliente, esse, pediu que seja eu que esteja lá esta semana para os ajudar a fechar os pontos em aberto. 
Pelos vistos não trato assim tão mal os angolanos. 

Farei duas idas a Angola em duas semanas
São dois pedidos de visto em três semanas.As burocracias para poder entrar e sair de Angola assim exigem. 

Quando me informaram que voltaria sozinha, e sem a minha equipa, a Angola, a minha mente foi ao encontro dos WhiteSnake.

1 comentário:

  1. Muita sorte para estas incursões. E melhoras (encontrei ontem o teu irmão, cunhada e sobrinha). :)

    ResponderEliminar