35 coisas que aprendi nos últimos 35 anos


  1. Não me interessa se as pessoas são ou não licenciadas. Interessa-me a sua capacidade profissional.
  2. Nem todos os homens gostam de futebol.
  3. É impossível continuar a ser amiga dos nossos ex-namorados.
  4. Ter o desejo de aprender constantemente transforma-me numa pessoa arrogante para com aqueles que não possuem o mesmo desejo. 
  5. Aquilo que é importante para mim pode ser insignificante para os outros.  
  6. A vingança nem sempre se serve fria. 
  7. Muitas vezes não consigo perceber o que quero ou o que penso até o escrever. 
  8. A Confiança é algo que se adquire com o tempo e com actos. 
  9. O Sucesso depende, na maioria das vezes, do facto estar no momento certo, no local certo. 
  10. O Sucesso depende, algumas vezes, de muito trabalho e dedicação.
  11. Praticar uma modalidade que nos faz sorrir é meio caminho para a felicidade.  Body Jam é a minha. 
  12. Ao longo dos anos deixamos de ser tão rápidos mas ganhamos resistência.
  13. Temos que sair da nossa zona de conforto pelo menos uma vez na vida. 
  14. A experiência de fazer algo novo é adrenalina para o corpo e mente.
  15. A nossa percepção do difícil ou fácil muda com a experiência de vida.
  16. Apesar da minha ingenuidade, nunca acredito em quase nada à primeira. 
  17. Mostrar que não dominamos um assunto pode ser uma vantagem.  
  18. Não confio em pessoas que tenham vícios como o álcool, drogas ou jogo.
  19. Os "dependentes" de algo podem deixar o vício de vez.
  20. Aprender línguas ajuda-nos a pensar diferente.
  21. Trabalhar com pessoas de outras culturas ajuda-nos a agir diferente.
  22. Brincar com crianças é um grande teste à nossa paciência. 
  23. Ensinar um jogo novo a uma criança acaba por transformar-se em adaptar um jogo tal como conhecemos à imaginação da criança.
  24. Ser baby-sitter é exaustivo.
  25. Ouvir a minha avó faz com que deseje morrer nova.
  26. Nem todas as pessoas têm o mesmo objectivo de vida.
  27. Ler liberta-me de preocupações.
  28. Ter um local que seja o nosso refúgio onde ninguém nos incomoda esvazia a mente.
  29. Mudar de trabalho pode fazer de nós melhores profissionais. 
  30. Conhecer novos amigos torna-nos mais humildes. 
  31. O dinheiro é importante no dia-a-dia.
  32. O dinheiro não é importante para definir alguém. 
  33. Nós somos como uma colecção... de experiências.
  34. O sentido da vida não é saber quem sou.
  35. O sentido da vida é criar quem sou.  

2 comentários:

  1. Estou viciada neste blog, em tudo: no que escreve, na "sua" Angola (que eu também conheço), nas músicas, nas suas reflexões, que se aproximam muito das minhas... apenas gostava de as saber escrever. Parabéns, felicidades, tudo de bom.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Susana.
    Pelas palavras e pela visita.

    A porta continua aberta.
    Beijinhos e tudo de bom.

    ResponderEliminar