Filme: Creation (2009)

A noite passada vi o filme Creation sobre o Darwin. 
Não sei qual foi a tradução do nome do filme para português. Mas, também o filme pouco ou nada fala sobre a origem das espécies.  O filme fala sobre a origem da luta constante entre a sua fé e a religião.
A acção do filme situa-se após a morte de uma das filhas de Charles Darwin. A filha cúmplice, a amiga, a que o ouvia e aprendia com ele e que até o questionava sobre os seus estudos.  Ela estava a ser a sua melhor criação até que adoece. A doença leva a Darwin suplicar a Deus, numa cena fantástica, pela saúde da filha, mas a filha acaba por morrer.  E este é o evento que causa toda a guerra interna entre o que Darwin acredita e que acha que é a origem das espécies e a religião. Religião com a qual tem que viver diariamente, uma vez que é casado com uma das maiores beatas da aldeia. Mas, acima de tudo o amor prevalece e quando marido e mulher se questionam se deviam ter casado um com o outro dadas as suas crenças, ela simplesmente lhe diz: "Oh, I would have married you again". E é ela quem o encoraja a escrever o livro "A origem das espécies" e é a ela a quem ele entrega o único exemplar dizendo-lhe que está nas mãos dela o que fazer com o livro. 

Grande filme.
Além de um excelente diálogo entre o Darwin e o padre da paróquia, a frase que mais me marcou foi:
"I see you take no comfort from religion, but do you have A faith, Mr. Darwin?"

Sem comentários:

Enviar um comentário