Kandandu Angola #5.11

E ao fim da 11ª semana de trabalho paguei a minha primeira "gasosa".
Já tinha sido parada e como estava tudo OK, acabei por dar boleia ao polícia. 
Já tinha sido parada e como estava tudo OK, fui mandada seguir. 
Mas, à terceira foi de vez. Fomos mandados parar e desembolsamos 4.000,00kwanzas. 
O carro é novo e a matrícula é de Setembro. O polícia disse que os documentos não eram legais, yada, yada. 
O chefe da patrulha STOP, o chefe de quatro polícias, estava à sombra do imbondeiro a comer os seus camarões de braço apoiado num ramo da árvore, a comer e a informar-nos que iria aprender os documentos do carro e a carta de condução e que tínhamos que apanhar um candogueiro para regressar à cidade. 
Depois de muita negociação, os documentos estavam legais aos olhos da polícia, mas nós tínhamos que levar multa na mesma. A razão? Faltava-nos o triângulo. Depois de abrir o porta-bagagens afinal possuíamos o triângulo. Multa cancelada. Depois o polícia lembrou-se dos coletes reflectores. Infelizmente não tínhamos. A multa custava 9.000,00Kwanzas e a "gasosa" 4.000,00Kwanzas.  Optou-se pela gasosa e seguimos para a praia. 

Depois de metermos as notas na mão do senhor de luvas brancas questionamos sobre que motivo iria ele inventar depois de modo a nos multar. Seria pelo carro só ter dois meses ou pela cor não ser da cor da bandeira... :(
Dados da foto: eu
Data: 04-Dezembro-2010
Ponte do Rio Kwanza, Angola

Sem comentários:

Enviar um comentário