Sou como tu Da mesma luz Do mesmo amar

Sempre quis ter mais irmãs. Numa família de muitos homens eu e a minha irmã nunca nos demos bem até chegarmos aos 20 anos. Só aí apercebermo-nos que apesar do sangue ser o mesmo nunca fomos compatíveis.
Talvez precisassemos de perceber que somos diferentes. Só aí ficamos ligadas para sempre, só quando chegamos à conclusão de que conseguimos nos tolerar e que ela precisa de mim e que eu preciso dela. Só aí conseguimos ser amigas... até hoje e até ao fim da nossa vida! 
A minha irmã tem dois filhos rapazes. Ela, na segunda gravidez chegou a apostar comigo em como não iria realizar o meu sonho de ter sobrinha. E ganhou a aposta.

A minha cunhada M. está grávida de uma menina. Será também minha afilhada, a bebé do meu irmão N. A minha sobrinha nasce em breve. Está quase. Tenho recebido fotos da barriga da minha cunhada.Dei por mim a imaginar a cara da minha sobrinha. A primeira mulher a nascer na família há 17 anos. E tenho orgulho na minha cunhada e no meu irmão que após 7 anos de casamento e depois de tudo o que passaram vão conseguir realizar o sonho de ser pais.   E eu, como tia babada e madrinha orgulhosa só consegui dedicar este post a ti, minha linda, depois da tua mãe me confimar que também quer que nasças naquela data que sabemos. :)
 
Música: MadreDeus - Vem (ver vídeo)

Sem comentários:

Enviar um comentário