Purify the colours, purify my mind, and spread the ashes of the colours Over this heart of mine!


Ao limpar o google reader encontrei o teu blog
Amigo, não fui capaz de apagar o teu blog! Não fui capaz de te apagar para sempre. Já bastou não conseguir te ver pela última vez
Quero guardar para sempre a imagem saudável e inteligente da pessoa que eras. 
Quando o Saramago morreu na semana passada lembrei-me logo de ti e da nossa mega-discussão sobre "A Jangada de Pedra".  Eu queria pontos, vírgulas... ordem no pensamento e clareza nas ideias. Mas tu não. Tu és o culpado de eu apreciar a escrita dele. 
Tu foste um grande influenciador na minha vida.  
Sinto a tua falta! 
Quando vou à Madeira e cada vez que entro naquele café do Estreito que era do teu tio lembro-me dos nossos debates e de como gostariámos que a nossa terra fosse. 

Chorei no dia da tua partida. Mas, sinto e choro constantemente a tua ausência. 






Música: Arcade Fire - Neighborhood #1 (Tunnels) (ver vídeo)

Sem comentários:

Enviar um comentário