Dia Mundial da Poesia



Coisas tão felizes 

Entre amigo e amigo 
jamais se afastam 
coisas tão felizes:
os instantâneos silêncios de certas formas
os protestos inocentes à nossa passagem
a natureza fortuita, dizia eu
imortal, dizias tu
do vento ?


José Tolentino Mendonça

Sem comentários:

Enviar um comentário