Filme: Le Passé (2013)



"Após quatro anos de separação, Ahmad regressa a Paris vindo de Teerão, a pedido da sua mulher francesa, Marie, de maneira a pôr um ponto final no processo de divórcio. Durante a sua breve estadia, Ahmad apercebe-se da natureza conflituosa da relação entre Marie e a filha, Lucie. Os esforços de Ahmad para tentar melhorar esta relação acabarão por revelar um segredo do passado." (retirado de cinema.sapo)


Se ao ler a sinopse pensamos que este filme será semelhante a A Separação, o pensamento facilmente esfumaça-se na dura realidade de uma mulher francesa, mãe de duas filhas (uma delas adolescente 'problemática') cujo objectivo do momento é conseguir o divórcio do ex-marido, que não é o pai das filhas, para poder casar-se com o homem com quem vive, que tem um filho de quem cuida, que é o pai do bebé que carrega e cuja mulher tentou suicidar-se e que se encontra em coma no hospital. 
Complicado? complicado são os mal entendidos que levam à maioria das acções das personagens. 

Filme intenso e surpreendente, sobre a dura fase que é "desligar de alguém", sem chegar à perfeição e genialidade do A Separação

Fouad: Why don't they separate her from medical instruments? 
Samir: Because they don't know if she wants to live with them or die. 
Fouad: She wants to die. 
Samir: Why do you say that? 
Fouad: She wants to die. That's why she committed suicide!


Sem comentários:

Enviar um comentário