Livro: O Estado do Bosque


Sinopse: 
Na nova peça de José Tolentino Mendonça, cinco personagens interagem umas com as outras: 3 homens e 2 mulheres. John Wolf, o guia da floresta; 2 caminhantes: Peter Weil (meia idade) e Jacob (mais novo) e duas mulheres: a jovem Viviane Mars e o Destino. 

Simples Opinião: 
Escrita como peça de teatro, o Bosque é aqui (e para mim) a metáfora do que ansiamos ou sonhamos ser / estar, talvez um mundo ordenado sem a urgência da informação e da partilha que as tecnologias nos trouxeram, para no fundo continuarmos a ser ... nada.

"Nada nosso que estás no Nada
Seja Nada o teu Nome
Venha a nós o Nada do Teu Reino
Seja Claro o Nada da Tua Vontade (...)"

"O desejo de amor é já amor"

Gostei muito e lê-se rapidamente e facilmente.
My rating: 4 of 5 stars

Sem comentários:

Enviar um comentário