Filme: Magic Mike (2012)



Um grupo de mulheres vai ao cinema,  comigo levo também a minha bff, que por Lisboa estava de férias. A escolha do filme a ver tinha sido decidida num sábado de manhã, à hora do brunch, ali pelos lados de São Bento, eu ainda torci o nariz, o filme não faz bem o meu género... mas que raios, estamos a falar de homens semi-nus e lá cedi.
O melhor do filme é mesmo ter de tudo para agradar a mulher que vai ao cinema, com pouco, mas mesmo pouco romance e diálogos. O pior do filme é ainda haver diálogos desnecessários. 


Fartei-me de rir e de admirar os genes do sexo oposto. Adorei, adorei a primeira cena em que o Joe Manganiello entra. Nunca o tinha visto em toda a minha vida até que, neste filme, apareceu no grande ecrã um deus grego de óculos, com barba por fazer e a cozer uma tanga numa máquina de costura. Dizem que Joe Manganiello faz parte do elenco de True Blood, eu não vejo essa série, mas se os espécimens são daquele género em breve pode ser que dê uma nova oportunidade à série.... :) 




Sem comentários:

Enviar um comentário