Do Amor e outros Demónios #03




há quem diga 
a vida é um pau de fósforo
escasso demais
para o milagre do fogo

Hoje estive tão triste
que ardi centenas de fósforos
José Tolentino Mendonça



Sem comentários:

Enviar um comentário