Teatro: Amor e Informação



Sinopse 
"Ama-se e deixa-se de amar, perde-se a memória de quem se amou, recorda-se os tempos do amor, faz-se o luto, vai-se à procura da intensidade do sentir longe da civilização, tem-se uma paixão virtual difícil de explicar, idolatra-se uma estrela até à loucura. Quer-se saber mais, esconder o que se sabe, revelar segredos, não esquecer nada, conhecer o futuro, perceber a dor, o medo, o significado das palavras, o sentido da vida. Como num caleidoscópio ou num zapping de imagens, surgem mais de 100 personagens em mais de 50 peças curtas e outros tantos intermezzos, criados por esta encenação, numa proposta teatral invulgar que investiga sempre de novos pontos de vista os múltiplos aspectos da nossa infinita necessidade de amor e de conhecimento." (retirado de teatroaberto.com)



Duas horas muito bem passadas, numa peça original que reflecte o modo como lidamos com os afectos, memória, privacidade, com as tecnologias e o consumo excessivo de informação. 
Muito bom. 
Imagem retirada do site Agenda Cultural de Lisboa
Na Sala Azul do Teatro Aberto até 1 de Março de 2015.



Sem comentários:

Enviar um comentário