Divagações #19


Imagem do site The Mind Travels


Uma fotografia consegue ter pelo menos três histórias. A do fotográfo, a do fotografado e a de quem vê a imagem. 

Esqueçam as ilusões ópticas, as ilusões criadas com perspectivas, as inesperadas. Uma imagem consegue ser completamente desconstruída quando se vê no que não existe o que queremos que exista.
A força do medo e a esperança de que o que não queremos que aconteça, aconteça de facto, para que possamos respirar de alívio e não nos culpabizar de algo, é superior à visão imparcial sobre a vida de terceiros.

Porque vivemos na era do Big Brother, todos assumem no que veêm a realidade sábia da ficção que escrevem. 


  




Sem comentários:

Enviar um comentário