As Voltas da Vida (*)




Sempre detestei ouvir o quanto sou parecida, fisicamente, com a minha mãe. Tive alturas em que evitava a familiarização, evitava ter o percurso que ela teve, evitava a ligação política, evitava dizer quem sou, de modo a que entendessem que eu não era a minha mãe e que eu podia ter valor sem ser parecida com quem fosse. 


Odiava ouvir "és tão parecida com a tua mãe"!  Sentia que não podia ser eu.  
E eu acabei por ser eu, graças a ela e a outros e a tudo acima, sendo ou não parecida fisicamente com ela, eu sou eu e não ela. 

A curiosidade é que nas últimas semanas, essa parecença tem-me sido útil. Extremamente útil.  E até têm me facilitado imenso a vida. O reconhecimento que a minha mãe teve entre os seus pares é impressionante e arrependo-me de um dia ter achado que ser parecida com ela era mau.

Chego aos recursos humanos da empresa onde ela trabalhava, informo para o que vou, e dizem-me logo: "é da F. ? é parecida com ela". 

Chego às finanças, senha, número, chamada, explicação... vão buscar o processo da minha avó materna e tios, e dizem logo: "como está a sua tia T. ? é parecida com ela" 
Mas, o que mais me assustou foi uma senhora chegar ao pé de mim, começar a chorar e eu não sabia o que fazer, a senhora não falava e eu não sabia o que dizer, até que a senhora começou a falar sobre a minha mãe. 

Aí percebi que por mais que tenha tentado no passado, por mais que tente, por mais que faça, eu estarei sempre associada à minha mãe, não só pelo laço maternal que nos unia mas pela semelhança física. 




(*) inspirado no filme que vi ontem à noite, quase sozinha, numa sala de cinema da ilha da Madeira, "Trouble With The Curve".

Nota: Estou a trabalhar, remotamente e até final do mês, a partir da ilha. Após a morte de alguém, há muita burocracia para tratar... 






4 comentários:

  1. É verdade, não temos a noção das papeladas e confusões todas que temos de tratar, até acontecer. .. Beijos, e aproveita a tua ilha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca pensei que fosse tanta coisa.
      Até por causa de uma futura herança, tive que andar a recolher uma data de documentos.

      Enfim.
      Obrigada por tudo, pelos beijinhos, abraços e vibrações positivas.
      Retribuo em dobro. ;)

      Eliminar