Se a minha vida fosse uma série.... (parte 2 de 3)

#06. Pride and Prejudice (1995) 
Que dizer da série em que me apaixonei pelo Mr. Darcy? Já tinha lido o livro, mas depois de ver a série apaixonei-me por completo.
O sapo que acaba por virar principe. 
O homem que nos conquista o coração e que é capaz de fazer tudo por nós. 
A confusão da família Bennet que só me faz lembrar da minha casa quando eramos 7 irmãos em casa. 

E quem ainda não sonhou com o Mr. Darcy que coloque a mão no ar.  :)
Culpado: Não me lembro em que canal vi a série. Já a tenho em DVD. :) 
Mea Culpa?
#07. Anjos na América (2003)
Outra série que mal saiu em DVD corri a comprar. 
Mais uma série que deu às segundas-feiras na RTP2 e que não conseguia parar de ver. Um drama à escala da vida. A luta contra a SIDA. A protecção dos anjos  versus o diabo. 
Excelentes interpretações de Al Pacino, Emma Thompson, Meryl Streep, Justin Kirk e Mary-Louise Parker.

Culpado: RT2 

#08. Friends (1994-2004)
I'll be there for you... 

Chandler, Joey and Ross versus Monica, Phoebe and Rachel. 
Preciso de dizer mais alguma coisa? A amizade na sua mais pura forma, a sinceridade, o amor, a lealdade e acima de tudo a coragem e força destes seis amigos.
Além de que é das séries, para mim, que melhor final tem tendo em conta a longevidade. 10 anos. Comecei a vê-la em Coimbra e acabei em Lisboa. 
Culpado: RT2

#09. The Shield (2002-2008)
Mais uma vez, sucumbi à influência da dupla P. e T. . :)
Sou fã de policiais, dramas e séries que envolvam Mafia, advogados. Adoro séries que me façam pensar e duvidar do personagem principal. Vic MacKey nunca foi o herói bonzão da série. Ele é maquiavélico, inteligente, acha-se imortal e dono do mundo. Mas no que toca à família é mais um homem que não consegue gerir trabalho com vida pessoal pois com tanta artimanha na vida prodfissional, na pessoal não consegue dar a atenção devida à esposa e aos filhos. A esta excelente personagem se adicionarmos outros de igual nível, temos aquela que é para mim, das melhores séries policiais de todos os tempos. Dani, Julien, Shane, Lem, Corinne, Aceveda, Claudette, Ronnie e claro Dutch são personagens que me marcaram para sempre. 
Pessoas que me influenciaram a ver a série: P. e T. 
 #10.  Sons of Anarchy (2008 - xxxx)
Eis uma série que nunca pensei gostar. 
1ª semana de Setembro de 2009 e chega-se ao pé de mim o meu irmão mais novo com uma proposta de serão a dois. Eu fiz as pipocas e ele tratou da logística pc-tv.   Uma semana depois estava agarrada à season 01 e tinha que me despachar. A Season 02 tinha acabado de começar. A busca pela paz, a disputa entre o bem e o mal, os fragéis bad boys,  as valentes old ladys são todos elementos que nos fazem pedir por mais episódios. Além das excelentes interpretações de Katey Sagal e Ron Perlman. Adoro o Tig e tenho uma paixão secreta pelo Opie. 
O meu vício levou a que fosse convidada para fazer parte da equipa que trata do blog dedicado à série.
Pessoas que me influenciaram a ver a série: o meu irmão Ico. 
 #11. ER (1994-2009) 
A série que acompanhou o fim da minha adolescência, a minha vida em Coimbra e a minha vida em Lisboa... até o ano passado.
Sempre gostei do Carter. E comecei a ver a mesma porque anunciaram que era uma série do Steven Spielberg. Fiquei viciada. Carter, Ross, Dr. Green, Weaver, Peter, Elizabeth, Susan, Neela, Sam, Pratt, Archie, Gallant, Luka e  Abby e Simon com o seu sotaque australiano. :)
É também a série que possui alguns episódios que mais me marcaram. O episódio dos tiros, um que atinge Carter, e muda o rumo da vida dele por umas seasons, o outro que mata Lucy. E o episódio sobre o miúdo que tinha leucemia que acaba com a música dos GreenDay: "Time of your life".
Culpado: RTP e AXN
#12. Hill Street Blues (1981-1987)
Foi a minha série policial preferida quando era adolescente.
Ficava acordada até tarde para poder ver a série. Deitava-me à hora que, nos dias de hoje, inicio a visualização das séries. :)
O Chefe da esquadra que acaba por casar com a advogada. O polícia que parecia que nunca tomava banho, passando pela dupla de polícias de farda Lucy e Joe.
Adorava a maneira como começavam a série. Com pequenos pontos de situação.
Culpado: RTP-Madeira
#13. Gilmore Girls (2000-2007)
Só comecei a ver esta série depois de ter acabado o curso. 
Já não vivia na residência universitária, tinha um quarto só para mim. Tinha uma TV só para mim... e com a tvcabo vinha a SicMulher.
O ritmo sónico dos diálogos entre mãe e filha, a grande amiga, os amores e dissabores, o café no sítio do costume, a relação com os pais/avós, as ambições, a coragem... o Luke e o Dean e pronto, vá lá... o Logan. :)


Culpado: SIC-Mulher
#14. Dexter (2006- xxxx)
A T. - mais uma vez ela - deu-me 2 CDs no verão de 2007. Um CD tinha uma das séries mais inteligentes que tinha visto no ano mas que não vingou. Studio 60 on the Sunset Strip. O outro CD tinha Dexter. Escusado será dizer que eu vi episódio atrás de episódio... e questionava-me com WTF?  
Desde então sinto um fascínio por serial Killers. 

Na última season vemos a personagem crescer nas relações interpessoais e temos um adversário à altura. Genial! É para mim, das 4 seasons de Dexter a melhor que tivemos até hoje.
Culpada: Teresa

#15. Cheers (1982-1993)
Norm...
No email que enviei a uns colegas ao despedir-me da empresa onde trabalhei até bem há pouco tempo mencionei esta série.
Série que me marcou pela amizade entre as suas personagens e pela lealdade a si próprios. 
E porque às vezes só queremos estar com pessoas que sabem que não somos transparentes. Podem não nos ouvir, podem não se preocupar connosco. Mas, sabem que existimos.

Culpado: RTP-Madeira
(To be continued)

11 comentários:

  1. Essa Teresa é mesmo EVIL, sempre a viciar as pessoas em séries e coisa e tal. ;D

    Gosto das tuas escolhas! Ainda não vi Angels in America, e de Hillstreet Blues e Cheers pouco me lembro. Mas gostava.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Como é que é?!? The Shield ocupa APENAS a 9ª posição?!? :O
    Não acredito...

    (vou tentar recuperar do choque e depois apreciar melhor esta tua lista de séries) <<

    ResponderEliminar
  4. Agora percebo as tuas escolhas...
    Embora eu ainda ache The Shield uns pontinhos (muito poucos!) acima de Six Feet Under :)

    Acho até que podias ter metido The Shield à frente de Friends, por exemplo :P


    PS: é difícil encontrar os teus 3 posts sobre as tuas séries preferidas. devias colocar em destaque na 1ª página. just saying ;)

    ResponderEliminar
  5. Não te esqueças que sou mulher! ;)
    As cenas do sixfeetunder marcaram-me! O Mr. Darcy é inconfundível. Friends é quase um resumo da minha vida! Anjos na América tocou-me tanto quanto sixfeetunder.

    Vou tentar colocar um destaque ali à direita sobre as séries. :)

    ResponderEliminar
  6. Ainda ñ vi o Angels! Não foram tiros moça, foram facadas! ;P

    Há umas quantas que eu ainda não vi! Estão em lista de espera há algum tempo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é o em que a Lucy morre... é outro. :)

      Eliminar
    2. Será o Rampage? Um que mete uma cena do Green no elevador?

      Eliminar
    3. Estou a tentar lembrar-me desse do miúdo.... ER foi uma das séries q foi a vida qnd assassinei o disco!

      Eliminar
    4. O do miúdo é simples de fixar, acaba com a música dos Green Day, música que foi o toque do meu telemóvel numa fase interessante da minha vida.

      por nomes de episódios não vou lá, Lúcia. Eu sou boa em números, não em nomes de episódios. :(

      Eliminar
    5. Acho que era o episódio 18 da season4. :)
      very old.

      Eliminar