Will you feel better, better, better

Já tinha saudades do norte... já não ia ao Porto em trabalho há 6 meses.
Apesar do trabalho fui para os copos na noite de Terça-feira.
Houve qualquer coisa de fantástico no São João do Porto que fez com que na quarta-feira eu trabalhasse com um novo sorriso:
A aproximidade do mar.
Gaia e Porto estarem tão perto uma da outra, as pontes todas iluminadas, as pessoas... ah... e o facto de continuarem a chamarem-me de 'menina'. :)







Dados da foto:
Autor: eu
Data: Noite de 23 para 24-Junho-2009
Local: Arredores da Ponte D. Luís, Gaia e Porto


Música: Regina Spektor : Better (ver vídeo)

6 comentários:

  1. O Porto tem sempre qualquer coisa de mágico... mas na noite de S. João é ainda mais especial! :D

    Fico muito contente por teres gostado!

    Bjinhos
    Sofia

    ResponderEliminar
  2. Olá Pat!!!!

    Fiquei lisonjeada com este teu post, até porque apesar de ser madeirense (e vá lá, camara-lobense) há uma magia que a cidade do Porto brinda a todos os forasteiros, puro encantamento nortenho! E vieste na altura, por assim dizer, "ex-libris" do Porto...é a loucura a euforia que impera nas principais artérias...todos vão...o povo, os ricos...ou seja todos...há uma diferença na forma como festejam o São João de classe para classe, mas todos festejam o mesmo. Porto é sem dúvida a minha cidade, atrás da "Madeira"

    Abraços e desculpa não passar por aí mais cedo*

    ResponderEliminar
  3. Gostei do pormenor do "menina"... é bem verdade, no Porto somos sempre meninas. Saudades da minha cidade do coração :)*

    ResponderEliminar
  4. Por acaso também estive no Porto nessa noite e fiquei convencido ;) Já gostava da invicta, mas a noite de S. João tem um encanto particular. Para o ano estou lá para mais umas bifanas, cerveja e martelas eheh! :D

    ResponderEliminar
  5. Chico: eu foi mais sardinhas, cerveja e vítima de marteladas. :)

    Migalhas, Sofia e Margarida: fiquei apaixonada pela noite do São João.
    E Margarida, parece o fim-de-ano lá na terreola. ;) toda a gente convive com toda a gente a festejar o mesmo. ;)

    ResponderEliminar